domingo, 1 de fevereiro de 2009

PENSO

Penso porque quero,
Quero às vezes
Mas , não penso...

Me debruço no caderno
Penso ,quero tanto,penso...
Adormeço por algum momento,
Me acordo quando penso.

Penso , logo mergulho na alma
Invadindo a minha calma,
Provocando euforia
Produzindo poesia.


Graça Matos
01/02/09

Um comentário:

  1. Nossa... parece que a estou vendo, no seu processo de criação.

    ResponderExcluir